quarta-feira, 11 de outubro de 2017

O que é o Fork do Bitcoin?


No que se refere à tecnologia blockchain, um fork é uma mudança radical no protocolo que torna válidos (ou vice-versa) blocos / transações inválidas e, como tal, exige que todos os nós ou usuários atualizem a mais recente versão do software do protocolo. 


Dito de outra forma, é uma divisão, uma bifurcação que cria uma divergência permanente da versão anterior da cadeia de blocos, e os nós que executam versões anteriores não serão mais aceitos pela versão mais recente. 

Isso essencialmente cria bifurcação na cadeia de blocos, um caminho que segue o novo bloco de blocos atualizado em um caminho que continua paralelo ao longo do caminho antigo. Geralmente, após um curto período de tempo, as pessoas percebem que a versão está antiga e acabam atualizando para a nova versão do caminho que decidiu seguir. 


Um Fork, ou uma bifurcação,  pode ser implementado para corrigir importantes riscos de segurança encontrados em versões antigas do software, para adicionar novas funcionalidades, para reverter transações ou para marcar o ponto de divergência entre grupos que operam a moeda criando uma segunda moeda que terá as características vislumbrada pelo grupo que forçou o Fork, enquanto a outra moeda continua circulando normalmente. 

Um Fork  envolve a divisão do caminho de uma cadeia de blocos, invalidando transações confirmadas por nós que não foram atualizados para a nova versão do software de protocolo. Isso é feito para dar segurança no sistema de gestão da moeda visando a proteção contra ataques de hackers evitando assim o roubo de moedas. 

Vale salientar que um Fork não pode ser considerado essencialmente bom, pois pode trazer dores de cabeça tais como a estrutura de venda das moedas, limitação das carteiras para armazenas as moedas, criar bolhas especulativas agitando demasiadamente um mercado que já é extremamente volátil, porém um Fork pode também não ser essencialmente ruim, pois ele pode trazer uma gama maior de serviços, mais segurança aumentar a competitividade, aumentar o circulante, aumentar a demanda de negócios, mexer com o mercado quando o mesmo está estagnado, se movimentando de forma "lateral" . 

Forks em geral são oportunidades muito boas para se obter um bom lucro, apostando na moeda que pode se valorizar muito. Porém pode ser um péssimo negócio se investir em uma moeda que não atender as expectativas do mercado e o valor dela despencar, por isso é bom ter muita cautela, em caso de duvida, o melhor é ser conservador e não apostar nessas bifurcações e esperar ter um viés claro para investir. 


Quem quiser participar do grupo de investimento em criptomoedas ou saber mais sobre como investir é só entrar em contato pelo email dinho_ecm@hotmail.com. 






A pirâmide chamada Bitcoin.

O Bitcoin é de fato uma pirâmide?




Não, você não entra para o esquema Bitcoin com a obrigação de colocar mais 3 amigos e correr atrás que esses amigos coloquem mais 3 amigos. O bitcoin é uma moeda como o dólar ou outra qualquer, que tem variações que podem ser causadas por n fatores, você não tem que investir nada além da quantidade de moedas que quer ter, e pode guardar pelo tempo que desejar, comprar o que desejar, ela pode ser utilizada como um investimento financeiro, para compra de bens, para recarregar um cartão de credito internacional, a diferença é que não precisa de um banco para guardar e ter a posse do seu dinheiro, você é o único responsável pela guarda de suas moedas. 

Quem quiser participar do grupo de investimento em criptomoedas ou saber mais sobre como investir é só entrar em contato pelo email dinho_ecm@hotmail.com. 


quarta-feira, 4 de outubro de 2017

A bolha chamada Bitcoin

Bitcoin é um abolha que quando estourar vai prejudicar muita gente?

Uma bolha especulativa, bolha financeira, bolha econômica, entre outros nomes, é uma situação na qual o valor de um ativo se desvia fortemente do valor seu valor intrínseco correspondente desse mesmo ativo. O bitcoin ainda não tem um valor real, um valor intrínseco. Ele pode por meio das avaliações de mercado se desvalorizar e valor metade do que vale hoje, ou valorizar e valer 100x o que vale hoje. Então:

Não, não é uma bolha. Ela é uma moeda que tem muito espaço para crescimento e é muito volátil, segundo especialistas 1 bitcoin que hoje vale 3800 dólares e poderá valer até 1 milhão de dólares daqui a 10 anos. O que vai determinar se ela vai mesmo atingir esse valor, é a relação entre oferta e procura da mesma, sua segurança e a solidez do sistema que dá sustentação a ela, a relação entre a proposta de solução de problemas aos quais a moeda se propõe e a efetiva solução desses problemas, a relação entre sua emissão e a sua utilização, ou seja, quando chegar no valor estipulado em sua criação se vai ter ou não mais emissão de unidades monetárias, não havendo mais emissão o mercado terá que utilizar apenas o volume em circulação, assim sendo a tendência é ela ficar cada vez mais escassa e valorizada.



Quem tiver interesse em investir, mas não tem conhecimento pode entrar em contato comigo que tenho vários grupos de investimentos em criptomoedas.

Envie um e-mail para dinho_ecm@hotmail.com com um número de telefone que tenha WhatsApp que entrarei em contato para solucionar todas as suas dúvidas.

Até o dia 16 de outubro teremos um evento no mercado de Criptomoedas, então se você quer investir esse é um dos melhores momentos para ter bons retornos

#bitcoin #oportunidade #investimento #criptomoedas#programerseussonhos #realizeseussonhos #godvibes #ethereum #litecoin#bitcoincash  #litecoin #ripple #IOTA #DASH

O que é o Bitcoin?


O Bitcoin é uma moeda digital, é a primeira moeda digital que acaba servindo como referência e lastro para as demais moedas digitais, ela é utilizada para todo e qualquer fim sendo um circulante que transita de pessoa para pessoa não dependendo de um banco central, ou de uma casa da moeda.  É uma moeda fiduciária não estando lastreada em algum tipo de metal ou objeto de valor, o valor dela está lastreado na força computacional empregada para efetuar as transações e manter a rede funcionando, no sistema de gestão hibrido, na descentralização da moeda de qualquer poder, na sua tecnologia baseada no protocolo Blockchain “o protocolo da confiança”.  Assim sendo o Bitcoin é a primeira moeda global que pode ser utilizada da forma que seu detentor bem desejar de qualquer parte do mundo, em qualquer parte do mundo.  

Nesse mercado utilizamos um nome reduzido, o do Bitcoin é o  BTC;

O bitcoin é uma moeda escassa, por isso o seu valor tende a subir cada vez mais, pois o máximo de bitcoins em circulação será de 21 milhões. Isso lá em 2140.

A expressão representativa em números da moeda é de 9 casas decimais. Um Bitcoin pode ser representado assim: 1,000000000000;

Essas decimais são chamadas de Satoshis, em homenagem ao japonês Satoshi Nakamoto, provável criador da ideia que deu a origem do Bitcoin;

Além do Satoshi, são utilizadas como medidas o milibitcoin e o microbitcoin. O milibiticoin é representado como mBTC e vale 0,001 BTC, enquanto o microbiticoin, cujo símbolo é µBTC vale 0,000001 BTC;

Então, se alguém está vendendo 1 mBTC, na verdade vende 0,001 BTC.

Uma característica muito atrativa do bitcoin é que ele não é controlado por nenhuma pessoa, entidade, governo, organismo internacional, pois a estrutura que determina a moeda é rodada sobre uma estrutura de rede de computadores chamada P2P, que funciona numa rede difusa, similar ao torrent, onde cada usuário conectado à rede contribui com parte do bloco da informação.

Pode parecer confuso, à primeira vista, mas o fundamento do dólar ou do real é que um Banco Central controla, emite, interfere e faz política com o dinheiro, já a rede Bitcoin é controlada por todos que participam dela, assim sustentando a rede de computadores que sustentam as transações.

A grande beleza de uma moeda nesses moldes é que não se pode aplicar a ideia econômica expansionista e inflacionária sobre ela, onde cria-se moeda de forma artificial para que a conta seja paga depois, John Maynard Keynes não gostaria muito dessa moeda, ela inviabilizaria suas teorias de gastos governamentais por meio da expansão do credito por meio da impressão de moedas, já Friedrich August von Hayek ficaria maravilhado ao ver o sistema de moedas onde o marcado determina qual moeda vai escolher para trabalhar, por meio da confiança e da eficiência da moeda funcionando, pois isso atacaria diretamente o grande mal da economia apontado por ele, que são os ciclos econômicos que começam com o boom das expansões artificiais e terminam em desempregos e crises financeiras, já Ciro Gomes entraria em cólicas, pois não mais seria possível gastar o que não se tem.


Outra caraterística da moeda é o anonimato, ela até pode ser rastreada, mas não é algo comum e nem fácil. Todas as transações ficam disponíveis em um registro público, no blockchain.

Quem tiver interesse em investir, ou em mais informação, pode entrar em contato comigo que terei prazer em atender, tenho vários grupos de investimentos em criptomoedas. Para o evento do dia 16 as vagas são limitadas.

Envie um e-mail para dinho_ecm@hotmail.com com um número de telefone que tenha WhatsApp que entrarei em contato para solucionar todas as suas dúvidas e prestar os esclarecimentos pertinentes.

Até o dia 16 de outubro teremos um evento no mercado de Criptomoedas, então se você quer investir esse é um dos melhores momentos desde o lançamento do Bitcoin para ter bons retornos.


terça-feira, 3 de outubro de 2017

Você já ouviu falar sobre Bitcoins? Sabe que essa moeda está fazendo pessoas comuns se tornarem milionárias?

Durante todos os períodos de revolução que envolveram direta ou indiretamente o mercado, as pessoas comuns não participavam desses eventos, apenas grandes investidores, bancos e empresas, o Bitcoin chegou para dar essa oportunidade, a de você ter o mesmo acesso ao mercado que tem qualquer banco, investidor ou empresa em igualdade de condições e acesso, independentemente do valor que vai investir.

A ideia da moeda digital vai muito além de meramente pagar e receber contas, vai muito além do investimento e da especulação, ela vem com propostas de soluções de centenas de problemas que a sociedade atual precisa de diversos agentes públicos e privados, cheios de burocracia, alheios ao interesse objetivo da negociação, tais como fóruns, cartórios, institutos e outros.  

A necessidade e o acesso ainda distante de todos, faz com que o interesse aumente e o valor das moedas também. Quanto mais as moedas resolvem os problemas aos quais ela se propõem resolver, maior a procura por ela, maior a escassez e mais o valor de cada unidade sobe.

A Criptomoeda mais conhecida é o Bitcoin, e é a mais valorizada também, mas temos ao menos 10 outras com potencial e alguns projetos que prometem oferecer ainda mais soluções e se valorizarem muito.

Quem tiver interesse em investir, mas não tem conhecimento pode entrar em contato comigo que tenho vários grupos de investimentos em criptomoedas.

Envie um e-mail para dinho_ecm@hotmail.com com um número de telefone que tenha WhatsApp que entrarei em contato para solucionar todas as suas dúvidas.
Até o dia 16 de outubro teremos um evento no mercado de Criptomoedas, então se você quer investir esse é um dos melhores momentos para ter bons retornos

#bitcoin #oportunidade #investimento #criptomoedas#programerseussonhos #realizeseussonhos #godvibes #ethereum #litecoin#bitcoincash  #litecoin #ripple #IOTA #DASH

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Para Pensar Na Cama.


Na semana passada, saiu uma "pesquisa" que afirmava que 6% dos brasileiros, ou 6 brasileiros, não tenho certeza, detinham 80 ou 90% da riqueza do Brasil. Vi muitos amigos esquerdistas, socialistas em especial petistas falando que isso é um absurdo, que o importo sobre as grandes fortunas e sobre as heranças tem que se imposto urgentemente para acabar com essa desigualdade.

De fato! A desigualdade financeira, econômica, estrutural, educacional, social, de caráter no Brasil tornou-se um assunto de urgência e precisa ser abordado com muito cuidado para que haja um amplo debate no país visando mudar esse cenário. Com essa intenção na cabeça, fiz um exercício que acho que todos deveriam se fazer, se colocar no lugar do outro que em geral temos discordâncias.

Então, tomando a pesquisa como verdadeira e tentando me colocar no lugar de quem tem um pensando como o do socialista, alinhado com o PT e as esquerdas brasileiras, entendi que a "lógica" seria imaginar que se os 6% ou os 6 brasileiros mais ricos do país distribuíssem todo o seu patrimônio de forma igualitária (vamos ignorar que se tratam de ações e outros bens, e supor que seja dinheiro vivo) de 280 bilhões de reais para cada um dos 204 milhões de brasileiros, cada pessoa receberia R$ 1.372,54 uma única vez, todos seriam felizes para sempre e o Brasil teria uma sociedade como a da Nova Zelândia, ou austrália talvez!

Voltando a razão, e analisando se algo desse tipo de fato ocorresse, a minha conclusão é uma só! Os que anteriormente eram os mais pobres e desprovidos de educação financeira ficariam pobres novamente logo em seguida, pois não sabem lidar com dinheiro, com as variações do mercado, e com tudo o que implica administrar. Talvez por isso se explique termos eleito um semi-analfabeto e logo em seguida sua sucessora, apenas acreditando na palavra dele. Entre tantas explicações que poderiam ser dadas sobre o motivo de a grande maioria logo ficarem pobres novamente, acredito que a melhor delas seria a de que o mercado ficaria extremamente aquecido, super volátil, a maioria das pessoas iriam querer consumir demais, mas não produzir nada, e logo quem trabalhasse iria ganhar dinheiro rápido e fácil, uma vez que todos estariam dispostos a gastar muito, sem controle, como se não houvesse amanhã.. Tenho um amigo que se encaixa muito bem nesse perfil, dinheiro na mão dele é uma correria... mas continuando o exercício de imaginar cenários, ninguém precisaria de empréstimos e isso faria os juros serem pequenos demais e a rentabilidade não seria suficiente para ninguém viver apenas das rendas desse dinheiro, as pessoas pensariam que não mais precisariam mais trabalhar, gastariam tudo em bens de consumo que por sua vez custariam cada vez mais caro, e a grana acabaria cada vez mais rápido, pois o consumo desenfreado traria uma inflação galopante, enfim, eu poderia filosofar a noite toda sobre essa visão socialista de mundo e o resultado sempre seria o mesmo, no fim, estaríamos a a dividir a miséria em proporções catastróficas.

Entretanto, se o estado brasileiro deixasse de roubar 2 Trilhões de Reais dos pagadores de impostos todos os anos, cada brasileiro teria no bolso, em média, R$ 10.000,00 a mais em seus bolsos, todos os anos, as pessoas seriam as únicas donas do resultado dos seus esforços e trabalhos, isso significaria a grosso modo que as pessoas teriam a mais durante suas vidas R$ 650.000,00 reais, para investirem no que quiserem, isso bem aplicado considerando tempo valor crescente, inflação entre outros, uma renda mensal de R$ 4700,00 reais. Hoje, com o governo roubando todo esse dinheiro ele te dá em retorno R$ 980,00 reais e chama isso de aposentadoria.

E ainda tem gente que acredita que o problema são os empresários bilionários que trabalham, correm riscos, investem gerando emprego e renda e não o estado trilionário brasileiro.

Me desculpem pela objetividade, espero não ter acabado com seu sonhos de Liberté, Egalité, Fraternité de ninguém aí. #liberalismo #economia #administração #lógica #razão #direita #vida #liberdade #propriedade #capitalismo #impostoéroubo