segunda-feira, 14 de junho de 2010

A educação faz falta principalmente junto ao poder.

A educação faz falta principalmente junto ao poder.


Eu particularmente considero a falta de educação ( de berço + cultura) a doença que mais contribui para a degradação da nossa sociedade.


Normalmente quando falamos de falta de educação sempre imaginamos pessoas que moram em guetos, favelas ou lugares longínquos onde não há acesso a educação de qualidade aos conhecimentos gerais ou mesmo a mídia.


Não deixa de ser uma verdade, porém não absoluta, pois vemos aos montes todos os dias exemplos de superação e de educação vindos dos lugares menos esperados e prováveis, enquanto dos lugares mais improváveis recebemos e vemos a total falta de educação e consideração dos que poderíamos chamar de exemplos isso seguido da falta de respeito.


Digo isso, pois na semana que passou do dia 02/06/2010 fui a um conhecido e muito bem frequentado restaurante da cidade de Resende, como de costume eu e minha namorada deixamos nossos pertences nas cadeiras e na mesa onde iríamos nos sentar após nos servimos e partimos para escolher as guloseimas as quais iríamos nos deleitar, uma vez que ao sair do restaurante sempre toco o sino umas três vezes tamanha a satisfação com o atendimento e a qualidade do que lá é servido, porém nesse dia demorei um pouco mais do que o costume para escolher o que comeria diante da variedade de coisas maravilhosas que haviam a disposição, muito difícil escolher entre um filé de truta ou de salmão... E quanto espanto ao regressar a mesa que havia previamente deixado meus pertences e de minha namorada ao ver o nobre vereador Romério e sua distinta senhora abancados naquela que seria a nossa mesa de refeição. Olhei para o casal de forma contumaz, como quem quer deixar claro que não gostou do que estava presenciando, porém muito mais preocupado com onde minha namorada foi se sentar , pus-me a procurá-la. Após sentar fiz questão de perguntar com tom bem exagerado de voz se ela havia por livre iniciativa e vontade cedido ou trocado de mesa, ou mesmo se o casal havia pedido de forma gentil a mesma. O qual não foi minha surpresa em saber que nem pedido de licença houve, ou mesmo de desculpas, muito menos atos para se redimirem da gafe a qual haviam acabado de cometer. Após o almoço nem mesmo pedidos de desculpas ou qualquer manifestação esperada de pessoas que ocupam um lugar de certo destaque na sociedade.


Vejo o ato com grande tristeza por saber que o exemplo vem de cima e como o nobre vereados está em posição de certa liderança neste momento fico imaginando o que nos espera no futuro.


Não espero com essa nota qualquer atitude com relação a minha pessoa ou de minha namorada por parte do vereador e de sua esposa, pois nada há mais que se fazer que não tentarem ser mais educados, contudo espero que o episódio ajude-os, pois trata-se de um vereador e uma comerciante, pensar sobre suas atitudes cotidianas como cidadãos, pois enquanto vereador ele querendo ou não e neste caso infelizmente acaba servindo mesmo que de mal exemplo para quem esta perto dele.


Fica aqui os meus mais sinceros pedidos de desculpas a todas as pessoas que presenciaram a cena e que assim como eu olharam com ar de reprovação.

Edson Carvalho Miranda

Nenhum comentário:

Postar um comentário