sexta-feira, 30 de julho de 2010

E no mundo da política @$@#$@#$#@$

O mundo da política é algo que é compreensível só para quem está dentro ou mesmo para os estudiosos e especialistas, pois nós simples mortais jamais vamos conseguir entender algumas coisas. Duas delas estão me intrigando desde que a campanha eleitoral começou, ou melhor desde que PT e PSDB resolveram fazer campanha fora de hora. Haja saco!

A primeira delas é sobre a questão de que filho bonito todos querem ser pai, profissional competente todos querem no seu governo, mas sem dar os créditos para o profissional. Imaginem um político admitindo que não foi ele quem pensou na solução e sim que foi o técnico da área quem de fato resolveu o problema. Nessa linha de pensamento temos o real, os programas sociais, a liberação para livre flutuação do câmbio etc, que tanto petistas quanto tucanos reivindicam autoria, sendo que na maioria das vezes os governos apenas rebatizam projetos de governos anteriores e dizem-se criadores do projeto, programa ou idéia.

Minha conclusão, quando o político não tem capacidade de fazer ele rebatiza os projetos de seus antecessores ou da oposição!

Nessa mesma linha, mas aí já indo pela contramão em uma entrevista Dilma dizendo que a prioridade de seu governo seria nessa ordem: Educação e Saúde. Segundo a forma que ela colocou essas duas áreas com seus problemas resolvidos resolveria automaticamente a área de segurança que acaba por ser conseqüência das duas primeiras. Não vou nem entrar no mérito se ela estava ou esta ainda caso não tenha mudado de idéia certa ou errada, FATO é que ela alegou que o governo Lula foi ruim nessas três áreas de forma categórica.

O que me motivou a escrever essas malfadadas palavras para os meus 1 leitores foi que agora essa semana vi Dilma dizer que se orgulha de tudo o que tem e que ao contrario do que alegam ela tem um legado sim para defender e que esse legado é o governo do Lula.

Pois bem! Se o legado dela é o governo que o Lula fez e ela mesma disse que o governo Lula foi omisso e incompetente na saúde, na educação e consequentemente na segurança pública, só posso deduzir que ela disse que também assume os erros do atual governo tanto nessas áreas quanto nas demais. E olha que nas demais temos é muita coisa para pensar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário