Escute a Bitradio e ganhe dinheiro.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Profissão perigo?

A CBF e seu presidente Ricardo Teixeira, assim como a seleção de Dunga, só dão bola fora!

Nesta quinta feira, dia 22 de julho de 2010, a entidade convidou para ser técnico da seleção brasileira, o técnico Muricy Ramalho, técnico campeão, melhor técnico em 2005, 2006, 2007, 2008, atualmente à frente do Fluminense do Rio de Janeiro, com contrato fechado até o fim da temporada e apalavrado até o fim de 2012. O técnico disciplinador e que desperta o amor da torcida e o ódio de muitos jornalistas, declinou do convite feito pela entidade, através de seu dono, ou digo presidente Ricardo Teixeira, por honrar seus compromissos e, mesmo não tendo ainda nenhum contrato assinado, ele achou por bem manter sua honra a ganhar ainda mais as luzes dos holofotes e o respeito dos torcedores.

Já o técnico Mano Menezes que dirigia o Corinthians aceitou a missão de encabeçar o projeto para 2014, e assumiu nessa segunda feira, dia 26 de julho de 2010, a frente da seleção brasileira de futebol como técnico, com objetivo de renovar a seleção e preparar a seleção para 2014.

- Não sei por que isso me lembra a passagem do técnico Falcão na década de 90. Por que o Ricardo Teixeira insiste em se opor à vontade do povo brasileiro?

Muitos dizem que o brasileiro reclama muito e que cada brasileiro é um técnico, mas que no fundo não entendemos nada, dizem os entendidos e sábios do esporte! Porém se compararmos os desempenhos das seleções de futebol e a de vôlei do Brasil, não resta nenhuma duvida de quem entende e de quem não entende de futebol neste país.

Falando em vôlei, embora a seleção de Bernardinho tenha conquistado o título da Liga Mundial de vôlei de 2010 contra a Rússia, em dado momento a seleção se viu sem seus principais atacantes acometidos por problemas físicos, o que preocupou Bernardinho e o forçou a ter que mudar a seleção e a forma de jogar também, tudo isso por que, assim como Dunga, não levou os garotos da vila, Bernardinho não quis levar o oposto Lorena e Wallace que foram destaque da Liga Nacional de 2010 e na final fizeram muita falta, mas diferente de Dunga Bernardinho mostrou que levou dois times diferentes e não um com peças de reposição. Parabéns à seleção brasileira de vôlei por se tornar a melhor seleção de todos os tempos do esporte confirmando a total supremacia do país no esporte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário