Escute a Bitradio e ganhe dinheiro.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

TRE do Maranhão saindo na frente!

De que adianta criar uma lei tão bem concedida pelo povo, que passou por todo tipo de provação, resistiu aos caprichos dos Deputados, a empáfia do Senado para poder existir, onde pela primeira vez o brado do povo se fez ouvir pelos políticos?
Sendo que no estado do Maranhão parece que a estrutura inteira do poder constituído trabalha em prol de um pequeno grupo de caciques. O TRE do estado do Maranhão ao contrario dos demais estados da união, em sessão realizada ontem, o Tribunal Regional Eleitoral do estado deferiu o registro de candidatura do deputado federal Sarney Filho (PV), candidato à reeleição, apesar da condenação que ele teve por “conduta vedada”.
Segundo a acessória de imprensa do Tribunal que votou por 5 x 1 em favor do deputado, eles entenderam que a lei não poderia retroagir.
Dias depois da publicação da Lei Ficha Limpa, o TSE decidiu pela sua aplicação imediata, estabelecendo a proibição da candidatura de todos os condenados por órgão colegiado, inclusive nos casos em que a punição tenha ocorrido antes de a regra entrar em vigor.
Esqueceram de certo de avisar isso para os juízes eleitorais do Maranhão. O cômico de tudo isso é que o Maranhão tem seu histórico de utilizar-se de precedentes de outros julgamentos para “fazer com que a justiça” prevaleça, por que não o fizeram isso dessa vez pegando a indicação dos demais tribunais?
Acho que já passou da hora de uma intervenção tanto no estado do Maranhão quanto no estado do Pará!
Uma vez que ao que parece a população desses estados não tem como se defender sozinhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário