quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Contradições das campanhas de 2010

É engraçado esse horário eleitoral! Vi a propaganda do Sergio Cabral (PMDB) candidato a governador, pedindo voto para o Picciani (PMDB) candidato a senador. No texto Cabral diz que considera Picciani como um amigo que durante o governo dele o mesmo fez de tudo para ajudá-lo sem nada em troca pedir, como se isso não fosse obrigação do mesmo, porém ao que podemos deduzir a conta chegou agora nas eleições com o Governador sendo garoto propaganda de Picciani. E ainda diz que ele não cobrou nada? ( dou muita risada vendo tudo isso)

Outro que aderiu às tentações das falácias de época de campanha eleitoral foi o Deputado Estadual Noel de Carvalho Neto (PMDB) que em seu carro de som dentre outras bravatas diz que como deputado federal trouxe a verba para a ponte do acesso oeste. Oras mas se ao lado de Garotinho Noel já afirmou que foi o garotinho, já esteve no palanque onde Rosinha também tomou para si tal feito, agora o candidato diz que foi ele. Poxa Noel decide quem foi de verdade, antes que você acabe dizendo que foi Sergio Cabral e isso vire uma piada ainda mais sem graça do que já virou. Mas nessa afirmação fica uma pergunta no ar! Foi como deputado, Secretário de Agricultura no governo Anthony Garotinho ou como Secretário de Habitação no Governo Cabral?

Dilma diz que no governo dela as prioridades são: Educação, saúde e segurança, se esses setores estão tão ruins, e estão mesmo! Ela contradiz o sucesso atribuído ao governo Lula, e logo em seguida a moça diz que o legado político dela para chegar a presidência, são os dois mandatos de Lula... Sabe que eu tentei entender isso, mas acabei não conseguindo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário