Escute a Bitradio e ganhe dinheiro.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Garotinho, deputado cassado Álvaro Lins e mais 8 pessoas são condenados.

Garotinho (condenado a pena de 2 anos) e Álvaro Lins (condenado a pena de 28 anos) são condenados junto com mais 8 envolvidos em crimes que vão de corrupção a lavagem de bem. O julgamento em primeira instância não impede o candidato a disputar as eleições e os condenados ainda vão esperar os recursos do caso em liberdade ( O jornalista Pimenta Neves está fazendo escola!).
O processo foi o resultado bem sucedido da Operação Gladiador, desencadeada pelo Ministério Público Federal do Rio e pela Polícia Federal, a partir da quebra de sigilo fiscal de Álvaro Lins que provou a existência da quadrilha e de sua operação. O ex-governador do Rio Anthony Garotinho (PR), o ex-chefe de Polícia Civil e deputado estadual cassado, Álvaro Lins (PMDB), e mais oito pessoas foram condenadas pela 4ª Vara Federal Criminal. Entre muitas das atividades da quadrilha a colocação de delegados em posições de destaque dando suporte aos demais membros da citada quadrilha.

“ O que mais me intriga é a diferença entre as penas, se estavam juntos deveriam ter penas igualitárias. Com certeza ouviremos a velha máxima do Maluf, eu não vi nada! Eu não sei de nada. Isso é coisa dos meus inimigos que me perseguem de forma covarde. Vamos lembrar que quem está processando o Garotinho e demais envolvidos é o Ministério Público que é o representante do povo no judiciário. Então o povo é o inimigo de Garotinho?
E o povo? Será que ainda assim votará em Anthony Garotinho? “

Nenhum comentário:

Postar um comentário