domingo, 3 de outubro de 2010

Primeira meia página ou culpa inteira?

Esse fim de semana eu estava lendo o jornal Beira Rio, e mesmo em semana de festa de aniversario da cidade, para meu espanto deparai-me com uma primeira pagina que se não posso chamar de tendenciosa, chamo de estranha.

Trata-se da editora do jornal parecendo indignada com o posicionamento político de setores da sociedade neste caso externado no setor da imprensa. Segundo ela a imprensa brasileira é tendenciosa quando dá notoriedade a fatos, principalmente quando esses fatos para variar eram contra o Lula, e quando se lê Lula neste caso, leia-se Dilma e PT, uma vez que Lula é um ex-presidente em exercício que provou que sua popularidade não é transferível.

A editora na ocasião faz seu desabafo de primeira pagina (MEIA PÁGINA), e para corroborar sua “indignação” pela Imprensa supostamente se incomodar tanto com o presidente Lula ( segundo ela “A MINORIA) reproduziu (copiou e colou) o texto de Leonado Boff que pode ser lido no site http://www.cartamaior.com.br/templates/materiaMostrar.cfm?materia_id=16986

Pensei em enviar uma carta para o jornal e esclarecer os motivos para tal! Mas creio que isso deveria ter sido feito pela editora antes de colocar a matéria.

Agora, o que mais me intrigou em tudo isso, foi na parte onde a editora inicia a matéria afirmando a integridade do jornal e acusando a grande imprensa do Brasil de atacar Dilma e Lula ( seria isso sem motivos?) e depois citar o referido texto do teólogo, filósofo, escritor e representante da Iniciativa Internacional da Carta da Terra Leonardo Boff, pseudo de Genézio Darci Boff.

Fico me perguntando se um jornal que é muito conhecido por fiscalizar os poderes e ter muita veemência ao expor os escândalos dos ciclos do poder de nossa cidade e que de um momento para outro passa a não fazê-lo mais dando apenas notinhas de pequenos problemas da administração publica, quando estamos cheios de noticias do dia a dia que antes com certeza tomariam paginas inteiras do jornal vir com uma crise de moralidade.

Engraçado, tenho notado, aliás, essa complacência para com o governo municipal resendense em todos os jornais da nossa região, e uma proximidade muito grande de todos eles com a prefeitura. Será que algo mudou?

Nenhum comentário:

Postar um comentário