domingo, 3 de outubro de 2010

Primeiro turno das eleições de 2010.

Confesso que estou muito feliz com o resultado das eleições, não só por ver o projeto carismático e sinistro do PT, baseado no assistencialismo ir por água abaixo e culminar com a derrota de Dilma nas urnas vendo a festa de vitoria adiada e se continuar como está a sua queda de popularidade de adiamento a cancelamento definitivo, pois acredito que Serra vem mais seguro e forte para o segundo turno.
Essa votação expressiva de Marina que confesso me deixou particularmente, muito emocionado e a existência de um segundo turno, mais ainda, pois mostra que o eleitor brasileiro pode até vender o seu voto, recebe, mas não entrega.

Agora o que nos resta neste segundo turno é ver se o discurso de Dilma continua baseado no que aconteceu no Governo de Lula que nada tem haver com o que seria um governo dela ou se ela vai se expor, retirar aquele esquema de blindagem que o partido criou ao redor dela e encarar a campanha como política de verdade e não uma marionete do partido, como tivemos a oportunidade de ver na Globo no dia a dia dos partidos, Dilma parece ser impedida de tomar decisões ou de ter atitudes sem a ordem de alguém. Seria muito profissionalismo eleitoral e amadurecimento do PT ou seria isso medo da capacidade de sua candidata?
Veremos isso no próximo turno.

De Serra espero mais coragem, menos cavalheirismo e mais criticas ao governo que teve muitas falhas escândalos e que se mostra fragilizado diante a derrota do primeiro turno.

Decepção:
Fiquei muito decepcionado com a atitude dos candidatos e com s seus respectivos grupos de trabalho e seus cabos eleitorais, pois esses acharam por bem emporcalhar as cidades com panfletos na madrugada desse domingo dia 3, e não satisfeitos com isso, emporcalharam as casas das pessoas com santinhos, cola de votação preenchida. Além de achar isso um ato vil, acho que um candidato que faz isso deveria ter sua campanha cassada pelos tribunais uma vez que de forma alguma isso faz parte do processo democrático e se faz da nossa cultura eleitoral é porque ainda então nos falta cultura.
A minha vontade é juntar cada papel, separar e jogar no quintal da casa dos respectivos candidatos e de seus grupos de apoio.









Será que a casa dessas pessoas também é a bagunça que despejaram em nossa cidade?
Será que vão ajudar na limpeza?
Se eu tivesse visto isso antes de votar teria anulado os votos a deputado e a senador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário