terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Jovens usam o estatuto do menor para afrontar os pais

A filha de uma vizinha que tem 12 anos, simulou o próprio sequestro, e isso não foi considerado crime perante a polícia pois tratava-se de um menor. Minha vizinha deu um corretivo nela, está respondendo a um processo!

Será que quem criou essa aberração desse estatuto do menor e do adolescente aceitaria acabar de criar a filha da minha vizinha? Ou seria mais indicado deixá-la para o conselho tutelar educar?

Sim, pois, como educar uma adolescente que não quer ir à escola e todas as vezes que a mãe tenta corrigi-la ela faz um escândalo e denuncia a mãe para a polícia?

Estamos criando nossos próprios bandidos domiciliares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário