domingo, 27 de fevereiro de 2011

Rachadura em ponte na entrada da cidade causa transtornos e coloca vidas em risco.

Mais uma vez a população resendense se vê as voltas com prejuízos, causados pelas chuvas de verão, por culpa da lentidão e pela falta de iniciativa em solucionar problemas antigos, crônicos e se olharmos o tamanho de nossa cidade, problemas simples de se resolver pela administração municipal.

Com a forte chuva do domingo a tarde (27-02-2011), para variar o túnel que liga a AMAN ao centro da cidade inundou, tornando-se uma opção perigosa e desaconselhável para os motoristas que chegavam à cidade, episódio que ocorre desde sempre e que nenhuma administração presente ou passada, busca uma solução definitiva, sobrando para os munícipes o acesso oeste, que após algumas inaugurações, até hoje não ficou pronto e se você não tem um Off-Road 4×4, não é uma passagem aconselhável em dias de chuva, pelo risco de atolamento entre outros.

Sobra assim o acesso principal da cidade, pela Rua Dr. Marcondes Godoy, acesso que está sofrendo obra de duplicação, e que a prefeitura com muito orgulho exibe em chamadas na TV local, como sendo algo faraônico.

Pois é! Mas nem essa opção, que até então era uma opção segura e confiável, escapou da negligência e do descaso desse modelo estranho e perigoso, adotado para a execução das obras no perímetro urbano, onde há uma grande circulação de pessoas. Modelo esse que nos últimos anos vem povoando a cidade de Resende.

Perto das 19:00 uma enorme fenda abriu, entre uma das pontes e o trecho de asfalto que separa as duas pontes em obra, causando um lentidão no trânsito, perigo de colisões, e risco de algum motorista desavisado passar em velocidade normal pelo trecho e ter seu carro totalmente danificado na parte de pneus e suspensão, pois dado o tamanho da fenda, até quem passou muito devagar, terá que levar o carro para conferir a parte de alinhamento, dado a violência da pancada ao passar.

É inacreditável, ver a forma amadora, que chega a ser desrespeitosa para com a população que a prefeitura, e o grupo politico do prefeito tratam nossa cidade. Espero que a prefeitura tenha ao menos a decência de vir a publico, se desculpar com seus munícipes, se dispor a pagar os prejuízos daqueles que ali tiveram seus veículos danificados, sem que para isso a pessoa tenha que entrar na justiça e esperar por décadas. Seria o mínimo que a administração poderia fazer diante de sua irresponsabilidade com as vias públicas que se encontram cada vez mais perigosas, sem passeios para pedestres, e sem espaço para os carros. Afinal o mandando de 4 anos dessa administração vai se resumir a bagunça do transito, ao pedaço de calçamento de Beira Rio, que além de extrapolar o prazo de entrega da obra, antes da inauguração já apresentou problemas de estrutura e teve que sofrer intervenção na forma de um muro de contenção, algumas reformas de escolas, postos e parcerias com a união e o estado, alguns recapeamentos, mas os problemas de verdade, aqueles que o prefeito ridicularizava o prefeito anterior durante o horário político, esses até agora continuam os mesmos.

Abre o olho prefeito, o povo não é bobo! Depois, não adianta chorar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário