quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

A revolta Egípcia

Depois de passarmos a vida inteira, nós e os americanos, além é claro dos europeus e gregos acreditando que a defesa da liberdade e da democracia é sempre o melhor caminho a ser seguido por um povo, e tínhamos tanta certeza disso que dávamos incentivos para todos seguirem pelo mesmo caminho. Desculpávamos até mesmo com o uso da força bélica e a morte de inocente em casos extremos em nome dessa tal liberdade. Tudo ia muito bem no mundo de Truman, até que os americanos e o mundo começaram a se questionarem, e questionarem a seus governos o motivo de não apoiarem a iniciativa do povo Egípcio na busca legítima de sua liberdade, soberania e quem sabe de uma possível democracia. Pois os preceitos da democracia eles ao menos os exercitam muito melhor do que nós.

Pois é, agora o mundo evoluído e moderno, encontra-se em uma tremenda saia justa de interesses bélicos, estratégicos e daqui a pouco alguns loucos dirão que bíblicos também!

Nenhum comentário:

Postar um comentário