quarta-feira, 6 de abril de 2011

Congresso estuda a votação da lei da impunidade.

Congresso estuda a aprovação de um projeto de lei que atenua a pena para médicos que cometem erros no exercício da profissão e possibilita para médicos condenados e cassados, além de não cumprirem suas penas como criminosos que passam a ser assim que condenados, podem com um curso de aprimoramento, ética, especialização (como conhecemos nossos legisladores eles não vão especificar por quanto tempo, carga horaria e nem vincular uma segurança de presença nesse curso) voltar ao exercício da profissão.

Vale lembrar que se a lei for aprovada médicos como, Roger Abdelmassih que foi acusado por estupro, condenado a 278 de prisão. Denísio Marcelo Caron condenado a 29 anos de prisão. Farah Jorge Farah, condenado a 13 anos de prisão pelo crime confesso de esquartejamento de uma mulher em 2003, poderão em pouco tempo voltarem a clinicar sem qualquer problema desde que façam um curso de reabilitação.

Nosso sistema legal reabilitou definitivamente quantos condenados nos últimos 20 anos?

Dê sua opinião, deixe seu recado para os parlamentares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário