sábado, 9 de abril de 2011

Nextel faz pegadinha no seu site para atrair consumidores desavisados

Atenção senhores usuários da operadora de rádio e telefonia móvel Nextel.

Ao aderir a promoções no site da Nextel que dizem ser gratuitas você está correndo o risco de cair em uma daquelas pegadinhas do tipo : " o Sr. não leu no rodapé da pagina que a condição para a gratuidade era fazer...... ou assinar um determinado tipo de pacote.... ou ainda ter um determinado tipo de aparelho.... "

Ingressei várias reclamações junto a operadora, o que diga-se de passagem foi inútil, pois uma vez dentro do site da operadora, dentro da área reservada para clientes marquei para testar um produto que me daria de graça, sem qualquer condição ou exigência extra o serviço de GPS, o serviço além de não funcionar no meu aparelho (um dos mais novos e completos ), não foi ativado sem qualquer justificativa, além de não funcionar deram uma desculpa daquelas que escutamos todos os dias nas demais operadoras e me cobraram os 30 dias ditos gratuitos.

Conselho: Não contratem nada da operadora que já não conheçam, ou que tenham certeza de que funciona, pois uma vez contratado para fazer valer seus direitos ou a propaganda que veiculam é impossível, só na justiça.

Empresa que engana cliente por meio de pegadinhas e propagandas enganosas não podem ser consideradas empresas amigas do consumidor e hoje eu vejo que o foco da Nextel parece ter mudado e não é mais o cliente. Gasta o que pode com propaganda para angariar novas vitimas incautas e o dinheiro para pagar isso tem que sair de algum lugar, normalmente de pequenos "enganos" como esse que eu caí.

As reclamações foram várias para o estorno do valor e para o cancelamento, mas foi tudo em vão, vejam o absurdo! O serviço que me cobraram se quer foi ativado, porém foram inúteis as reclamações mesmo diante dos fatos, infelizmente consegui apenas cerca de 12 protocolos que a meu ver são inúteis, pois na maioria das vezes a chamada caia antes que eu pudesse falar com a suposta atendente que iria supostamente resolver meu caso e supostamente devolver o meu dinheiro.

75128312, 77974568, 99319266 entre muitos outros;

Como pelo SAC da empresa que deveria ser cordial e gentil como aqueles que pagam seus salários, não resolve e nem é cordial e gentil, muito menos educados a única forma de fazer valer os nossos direitos e tornar publicas nossas experiências com essas empresas que pensam que no Brasil o direito do consumidor termina no ato do pagamento da fatura mensal.

Um cliente satisfeito não indica para mais ninguém de medo de se comprometer, um cliente insatisfeito conta sua experiência para mais 8 (oito) pessoas, posta no Blog, no Twitter, no Facebook e ainda abre uma reclamação no PROCON que pode terminar em processo no Tribunal de Pequenas Causas por cobrança indevida, além é claro de uma multa para operadora se for constatado a transgressão dos artigos do CDC, o que espero que aconteça para ver se as operadoras começam a ter uma relação de mais respeito, menos burocracia e mais cuidado com o seu bem maior que é o seu consumidor, não importando o valor nem o motivo da reclamação.

CDC- SEÇÃO V
Da Cobrança de Dívidas

Art. 42. Na cobrança de débitos, o consumidor inadimplente não será exposto a ridículo, nem será submetido a qualquer tipo de constrangimento ou ameaça.

Parágrafo único. O consumidor cobrado em quantia indevida tem direito à repetição do indébito, por valor igual ao dobro do que pagou em excesso, acrescido de correção monetária e juros legais, salvo hipótese de engano justificável.

Edson Carvalho Miranda

Nenhum comentário:

Postar um comentário