Escute a Bitradio e ganhe dinheiro.

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Rapidinhas do Blog Resende

Moda, mas na faixa?

Após o sucesso do remake do folhetim de modas de uma emissora de TV, alguns “stylist city´s”, parecem ter vindo fazer uma reciclagem em Resende.

E começaram pelo visual das ruas da cidade, que de fato precisavam de um “up”, pois estação meio caidinhas, mais especificamente pelas faixas de pedestre, que alias, poucos cidadãos utilizam e a maioria não sabe como utilizar.

Andando no fim de semana e pedindo a opinião de alguns motoristas, de fato parece ser unanimidade que todos, ou a grande maioria gostaram da novidade, considerando-a mais segura, mas no fim da conversa com todos sempre aparecia a observação bem humorada, sarcástica e ácida da extravagancia da cor e do fato de não ter ficado algo que se possa chamar exatamente de “estiloso” ou mesmo bonito.

Se de fato dá segurança para o trânsito, parabéns pelo acerto a PMR, porém estou pensando no transtorno que deve estar sendo a vida dos daltônicos que usam as ruas do centro de Resende, onde parece que esse governo de fato resolveu concentrar suas obras, como vão ficar assustados e talvez confusos os se depararem com a faixa na cor do sinal, mas seria de que cor a faixa para eles, a cor do siga ou do pare?

De todo embora uma medida que torna nossa cidade cada vez mais uma colcha de retalhos, a medida entre pedestres e motoristas agradou, agora só falta a PMR criar um projeto que faça os cidadãos respeitarem a faixa.

O pior é que enquanto o centro da cidade fica arrumadinho, bonitinho, os quebra-molas que povoam os demais bairros agonizam, sem sinalização, nem esmaltezinho vermelho cheguei como as privilegiadas faixas, sem manutenção, sem respeitar o tamanho padrão, colocando a vida dos motoristas, ciclistas, pedestres e principalmente quem utiliza o transporte pago urbano, pois os ônibus as vezes passam rápido devido a falta de sinalização e isso pode machucar quem está dentro dele, Um bom exemplo disso, embora sinalizado e pintado é o quebra molas perto do mercado Máximo, onde tem um ponto de ônibus. As queixas tanto de motoristas quanto de usuários são frequentes, mas a prefeitura e o departamento responsável estão muito ocupados como podemos ver!

Indo de encontro com toda essa beleza, da cidade que está parecendo um pavão, a cara e o rabo lindos e o pé feio enquanto o centro e bairros adjacentes recebem os benefícios do poder econômico e por supostamente trazerem votos, os cidadãos da Rua 5 do bairro Toyota I, reclamam de uma tampa de um bueiro, ou da galeria de águas pluviais que quebrou já fazem mais de 3 anos, e quando os caminhões, ônibus e carros pesados passam, quase derrubam os rebocos das casas, nas proximidades. Há relatos de que a casa que fica de frente do buraco teve o reboco do teto de um dos cômodos derrubado devido aos trancos, os destroços quase caiuram em cima de uma criança. Isso com certeza tem mais prioridade do que coisas como o esmalte, que está sendo passado nas faixas do centro da cidade. Sendo a nossa cidade a “Princesinha do Vale e vaidosa” ela merece sim esses mimos, os esmaltes nas faixas, mas primeiro o que de fato

interessa, primeiro a vida dos contribuintes!

Os moradores aceitam até que seja pintado de vermelho o buraco da rua, só querem que o problema seja definitivamente resolvido, o mais rápido possível, pois é um caso que apresenta perigo, coloca em risco a vida das pessoas, a integridade dos veículos que passam por ali, além de estragar as casas que as pessoas construíram com tanto esforço e sacrifício.

Não havendo uma atitude por parte do departamento competente, a próxima matéria que vou fazer vai ser sobre esse buraco o qual tenho protocolos de solicitação solicitando providencias (vários) datados de 2009, e vários outros posteriori. Pretendo fazer um vídeo, não com a qualidade dos que a prefeitura faz, mas dar a esse buraco o destaque que ele merece, uma vez que ele está nessa situação desde que o prefeito assumiu, é ao lado de onde ele mandou aquele ator para medir, durante a campanha eleitoral a espessura do asfalto, satirizando o asfalto que o então prefeito Silvinho havia feito, e pelo qui vi é o asfalto que está lá até hoje. Falta de consideração com a comunidade e de respeito com suas próprias promessas de campanha. Prefeito Rechuan, arruma o seu buraco e se desejar pode até pode até pintar de vermelho, o importante é acabar com o perigo que existe naquele local.


Prefeito estamos de olho no que está sendo feito e pode ter certeza vamos parabenizar o que for feito respeitando a necessidade da nossa cidade, porém vamos focar no que não está sendo feito, pois esse seria o papel da câmara de vereadores, mas por algum motivo eles andam extremamente ocupados e não estão cuidando do que foram eleitos fiscalizar e cuidar, acho que já estão em campanha para 2012. Então esperamos que a Prefeitura tome as devidas providencias e resolva definitivamente esse problema, antes que o problema torne-se maior e o buraco também, na mesma proporção será o destaque que daremos ao caso.

Quando o buraco é na entrada da cidade, no mesmo dia o problema é resolvido, quando o buraco é na periferia a coisa já não funciona da mesma forma, por que?

4 comentários:

  1. "o que podemos ver". O mesmo que vai ser o calçadão de 4 milhões no bairro alegria...

    Mas adorei o vermelho rs rs rs... mas agora dizer que isto é prioridade, não posso!

    ResponderExcluir
  2. Josiano tem um buraco no Toyota II se não me engano, onde a tampa de um bueiro caiu, e quando os caminhões passam quase derrubam os rebocos das casas, que com certeza tem mais prioridade do que coisas como esse esmalte no centro da cidade. "Princesinha do Vale vaidosa" Os moradores aceitam que seja pintado de vermelho o buraco da rua, só querem que seja arrumado o problema, pois o assunto é perigoso, coloca em risco a vida das pessoas, a integridade dos veículos que passam por ali, além de estragar as casas que as pessoas construíram com tanto esforço.
    Próxima matéria vou fazer um vídeo desse buraco, pois ele está nessa situação desde que o prefeito assumiu, é do lado de onde ele mandou aquele ator para medir, durante a campanha, a espessura do asfalto. Falta de consideração com a comunidade.

    ResponderExcluir
  3. Acabei de receber contato da Ouvidoria da Prefeitura que prontamente atendeu a solicitação e destacou a Água das Agulhas Negras, que prontamente também já foi até o local, já verificou o problema e constatou que trata-se do sistema de aguas pluviais, o que é de responsabilidade da prefeitura. Segundo o funcionário e o supervisor da Agua das Agulhas Negras que foi até o local eles já fizeram contato com a secretaria de obras e o problema já foi passado a diante.
    Agora estamos aguardando um retorno da Secretaria com a solução.

    Agradecemos a ouvidoria da Prefeitura Municipal de Resende e da empresa Águas das Agulhas Negras pelo pronto atendimento a nossa solicitação.

    ResponderExcluir