Escute a Bitradio e ganhe dinheiro.

terça-feira, 31 de maio de 2011

Bactéria europeia cria um pepino para o ministro da saúde do governo Dilma descascar.

A politica brasileira dá cada vez mais vergonha para nós brasileiros, o ministro da saúde diante da eminencia de uma pandemia de uma bactéria vinda da Europa, onde todos os países do mundo já se manifestou de forma a tranquilizar a população o Brasil por meio do ministério da Saúde, gerido pelo médico, pós-graduado pelo Departamento de Doenças Infecciosas e Parasitárias da (USP) Alexandre Rocha Santos Padilha, ainda não veio a públicos dar uma satisfação, assim como o episódio da H1N1, parece que só depois que a merda estiver feita é que alguém vai aparecer dizendo que gastou milhões do nosso dinheiro para comprar um remédio de alguma farmacêutica que é quase uma entidade filantrópica. A (E. coli entero-hemorrágica). O período de incubação da doença varia de 3 a 9 dias, com média de 4 dias, e duração da doença varia de 2 a 9 dias, também com média de 4 dias.

A contaminação pela bactéria tem como principais sintomas da doença causada por infecção por Escherichia coli, é bastante severa e pode ser expressa por três manifestações diferentes: Colite hemorrágica, síndrome urêmica hemolítica, e trombocitopenia trombótica púrpura (TTP). Os sintomas da colite hemorrágica começam com o súbito início de uma forte dor abdominal, seguindo, dentro de 24 horas, de uma diarreia aquosa que mais tarde se torna diarreia de sangue, descrita com "All blood and no stool" (somente sangue sem fezes). Esta dor abdominal é descrita como de igual intensidade com a "dor do parto" e pior que as dores de apendicite. Pode ocorrer vômito, mas há pouca ou nenhuma febre.

Mesmo diante de um mal dessa magnitude nosso ministro ainda não se manifestou.

Segundo os jornais Europeus os as bactérias podem estar nos pepinos, mas ainda não existe uma certeza de onde veio e qual é a abrangência de sua contaminação.

Não entendo o silencio do ministro, não veio a público como um catedrático do assunto para mostrar que temos uma politica (se temos) de contenção, prevenção e se caso essas falharem um sistema de contenção da doença que avança mundo a fora.

É ministro tá na hora de encarar esse pepino! FICA A DICA

Nenhum comentário:

Postar um comentário