sexta-feira, 8 de julho de 2011

Eu, sempre torço pelo touro!

A tradicional corrida de touros na Espanha, também conhecida como Festa de São Firmino, recentemente foi proibida em algumas cidades espanholas, devido aos maus tratos que os animais sofrem. Em Pamplona, capital do estado de Navarra, localizada no norte da Península Ibérica, a tradição ainda persiste e a festa é comemorada por milhares de cidadãos locais e turistas.

Muitas pessoas ficaram seriamente feridas e outras morreram pisoteadas por dezenas de touros e bois enfurecidos, que são soltos nas ruas para percorrer uma trajetória pré-estabelecida pelo festival, que tem como ponto de chegada a praça da cidade.

Pamplona (Espanha), 8 jul (EFE).- Um jovem australiano de 24 anos ficou gravemente ferido nesta sexta-feira em Pamplona, no segundo dia da Festa de São Firmino - que tem entre suas atrações o encierro (corrida de touros) -, por um touro que chifrou sua perna direita, enquanto outros sete corredores sofreram ferimentos leves.

Um corredor americano recebeu uma chifrada em uma perna e outros seis jovens tiveram que ser atendidos pelos serviços médicos por diversas contusões e traumatismos.

Segundo o boletim médico divulgado pelo Hospital de Navarra, Fernando Boneta, o jovem australiano, apresenta ferimento na parte interna da coxa direita que atingiu a veia safena. O estado do turista, que foi atendido com urgência, é grave.

Além disso, de um dos becos pelos quais os touros passam foram levados ao antigo Hospital Virgen del Camino dois americanos de 21 anos, um com um ferimento leve de chifre na perna direita e o outro com um traumatismo no rosto.

No mesmo hospital permanece um britânico, de Birmingham, também de 21 anos, com traumatismo craniano, e o australiano J.L., de 25 anos, que sofreu uma luxação no ombro direito de caráter leve.

No antigo Hospital de Navarra foram atendidos o italiano M.M., de 23 anos, por uma contusão dorsal leve, e um homem espanhol de 35 anos que apresentava um traumatismo lombar.

No segundo dia da Festa de São Firmino de 2011, os touros completaram o percurso em pouco mais de três minutos de forma desordenada.

Quando os animais já estavam na praça, o corredor australiano que ficou ferido, sem ter consciência do perigo que isso representava, cruzou o caminho de um animal, que o atacou. EFE

Por EFE Brasil, EFE Multimedia

Fonte: MSN noticias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário