Escute a Bitradio e ganhe dinheiro.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

CNJ x Juízes!


Após os últimos desdobramentos sobre a investigação de Juízes, que espantosamente sentiram-se ofendidos e resolveram proibir o CNJ de prosseguir com as investigações, e também após  o ato do Ministro do supremo Marco Aurélio Mello, que suspendeu grande parte da resolução que regulamenta as atribuições da Corregedoria do CNJ nas investigações relativas a juízes. 

Esse fim de ano vai parecer festa de São João! 

Serão muitas fogueiras de pilhas de possíveis provas, formatação e até destruição computadores, vendas de imóveis, e muito dinheiro gasto em presentes, para que não corra o risco de assim como o dinheiro não declarado dos bicheiros do rio, possa ser apreendido e portanto perdido. 

Algo mi diz que teremos que criar um sistema carcerário para alguns de nossos magistrados, pois da forma que estamos vendo, juízes e seus parentes, a exemplo dos filhos de alguns políticos, milionários do dia para noite, a sociedade não vai aceitar nada menos do que devolução ou apreensão do dinheiro ilegal, e a prisão dos representantes e promotores da justiça. 

O que fica de fato incomodando nessa historia toda é:
          "Se um juiz correto, sabe que alguns outros juízes roubam, aceitam “presentinhos” vendem sentenças, fazem trafico de influência, eles não seriam tão culpados quanto? "

Pois sendo eles as maiores autoridades do poder judiciário do país, deveriam ter o agravante de severidade em suas penas, como impossibilidade de responder os crimes em liberdade, pena dobrada por conta de seu conhecimento da lei e insistência em praticar crimes e principalmente a perda do cargo, do salario e da aposentadoria, assim como qualquer outro cidadão seria punido. 

Porém como em nosso país tudo termina em pizza, essas punições ficarão apenas em nossos sonhos de ano novo. Pizza essa assada por nossos tribunais e intermináveis instâncias, daqui a pouco inventam algum escândalo de algum bode expiatório e todo mundo esquece dos juízes, depois eles mesmos processam, julgam e condenam a aposentadoria a  corregedora-geral do CNJ, Eliana Calmon e todo mundo continua nua boa, sem apresentar imposto de renda anualmente, sem responder a justiça pelos seus atos para lá de suspeitos. Tudo isso pelo simples fato de ser um juiz.... 

Bandidos de toga? 
Não!!!! Imagina.... 

Isso não é banditismo, como afirmam alguns. 
Chamar de banditismo de beca, seria incorrer no mesmo erro que incorremos durante centenas de anos por chamar o burro, de burro, pois de burro, o burro não tem nada! Ainda não inventaram um termo para tal despautério! 

Ao povo, um feliz natal, pois aos juizes e suas entidades protetoras, com certeza já é um feliz natal! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário