terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Politica do caco sem circo.


Tenho visto ultimamente nas ruas de Resende muitos artistas circenses, o que me enche de alegria pois melhor assim do que sejam crianças pedindo dinheiro, melhor mesmo seria não ter nenhum dos dois, ou que esses artistas fossem organizados em uma cooperativa que tivessem pró-labore, um ganho digno com contribuição para suas aposentadorias e que pudessem acima de tudo contribuir com a cultura da cidade.

Hoje nossa cidade é dona do melhor espaço cultural voltado par teatro, temas livre, e todo tipo de arte que possa emanar do povo, o prédio do extinto cine Vitória,  podendo assim o município fazer sua parte que é prover e promover a cultura e incentiva-la.

Se temos professores, pessoas dispostas a serem voluntárias, um conselho de cultura, artistas de rua, espaço para juntar toda essa turma e criar projetos voltados para a arte diminuindo assim a violência, o consumo de drogas e por consequência o trafico de drogar, qual é o motivo para não termos no prédio do Cine Vitória um centro de referencia, ensaio e apresentações, aberto de domingo a domingo para publico e a classe artística?
Falta de verba com certeza não é uma vez que nosso município nos últimos 1 ano e meio 2 anos investiu muito em obras de banheiros, obras de fachadas de prédios públicos que precisavam apenas de pequenos reparos, asfaltamento de ruas que posteriormente foram quebradas para a passagem de dutos de água jogando assim no lixo o dinheiro público.

Será que é tão difícil assim ver que o cominho da arte hoje para a nossa cidade é o melhor caminho para uma união entre bairros, para uma união entre classes, que seria uma forma de envolver a todos assim como já foi feito a anos com grupos de terceira idade ideia que perdura até hoje?

Sinceramente, não consigo entender, diante de uma causa tão fácil de se transformar em realidade, tão nobre, tão atual e bem aceita, a atual administrações insistir em fazer obretas, depredar o patrimônio histórico, depredar o patrimônio e o erário publico, reformando e revestindo com caquinhos postos de saúde mas sem uma rede de médicos para ocupa-los,  reformando e aumentando escolas como a do parque Julieta Botelho, descaracterizando o parque tão querido pela sociedade e revestindo com linhas disformes e caquinhos bregas, com cores que nada tem haver com nosso município ou nossa história, aonde esse governo quer chegar?

Pois se olharmos as reformas com cara de obras no mapa da cidade mais vai parecer um cachorro demarcando território com urina do que um plano de atuação de uma administração municipal!
Na tentativa de se mostrar muito serviço, acabou por não fazer nada efetivo, o que de efetivo poderia fazer gastando muito pouco, sem qualquer explicação não fez.

Agora aparecem as propagandas anunciando que Resende surpreende! 

De fato surpreende pela falta de critérios ao se abordar o assunto do trânsito, o assunto saúde, o assunto educação, o assunto das obretas,  o assunto do da falta crescimento que gera renda  per capita e um crescimento ilusório que apenas faz com que nossa cidade a cada dia crie um abismo social cada vez maior, onde o rico fica cada vez mais rico e o pobre cada vez mais pobre!

Será esse o crescimento que nós resendenses e as pessoas que escolheram essa terra para adotar como a sua terra e a terra de seus filhos sonharam? Uma cidade cada dia mais suja, mais feia, mais remendada, um verdadeiro mosaico, desenho disforme que representa exatamente  a desordem atual administração publica, que não tem critérios para aplicar suas verbas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário