Escute a Bitradio e ganhe dinheiro.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Prefeitura de Resende junto com a Câmara de Vereadores, tenta esvaziar audiência pública sobre a usina de lixo.


Mais uma vergonha na calada da noite em Resende.

Já é costumeiro na cidade de Resende marcar as audiências publicas para horários e datas que os principais interessados, os cidadãos, não possam participar.
Porém, para tudo existem limites!
A câmara de vereadores acatar uma ordem da PMR e marcar uma audiência pública dessa importância para uma sexta feira de carnaval, às 19hs, e somente veicular essa informação em um jornal de pequena circulação na cidade e deixar para atualizar os meios eletrônicos apenas após a meia noite do dia anterior ao evento,  é senão um afronto aos preceitos da democracia, uma afronta aos cidadãos pagadores de impostos dessa cidade, além é claro de mais uma vez, o que foi uma constante dessa administração, mais uma mancha na reputação da dita, casa do povo, a câmara de vereadores.
Os resendenses devem mandar os agradecimentos diretamente para o chefe do nosso executivo, José Rechuan, que segundo comunicado da câmara foi quem fez a solicitação para essa data e horário, e ao próprio chefe do legislativo, o presidente da câmara Kiko Besouchet, que prontamente acatou a ordem do ”chefe” e marcou a data, com mérito especial aos membros da Agencia do Meio Ambiente de Resende.
Não seria melhor marca para o domingo de carnaval?

Comunicado veiculado as 0:30 do dia 17/02/2012 no site da câmara, dia do evento, véspera carnaval:

Usina de Lixo é assunto de segunda Audiência Pública

Diante da necessidade de adequar o município à Política Nacional de Resíduos Sólidos, a Câmara Municipal de Resende realiza a segunda Audiência Pública sobre a implantação de um sistema de transformação de lixo em energia. O evento – agendado a pedido da Prefeitura – será amanhã, sexta-feira, às 19 horas, no Plenário Jorge Miguel Jayme (Rua Padre Couto, 10, Centro). A implantação da “usina de lixo” visa adequar o município às novas normas, que estabelecem o fim dos lixões a partir de 2014.
Segundo o presidente da Câmara, vereador Kiko Besouchet (PP), o objetivo do encontro é aprofundar a discussão de propostas para a adesão de Resende ao sistema, bem como esclarecer dúvidas da população e dos parlamentares sobre o assunto. A intenção do governo municipal foi anunciada pelo presidente da Agência de Meio Ambiente de Resende (Amar), Paulo Fontanezi, durante Audiência Pública no último mês de novembro.
Fonte: Site da Câmara Municipal de Resende.

Nenhum comentário:

Postar um comentário