Escute a Bitradio e ganhe dinheiro.

sábado, 24 de março de 2012

Falta de segurança nas obras de revitalização do calçadão, causa vítimas.


A total e completa falta de capacidade da empreiteira que ganhou a licitação para executar as obras do calçadão de Resende, no bairro Campos Elíseos, já passou do ponto de ser apenas um problema de reclamação na PMR ou no CREA, e já passou a ser caso de policia.


Que eu tenha presenciado, foram duas pessoas que tropeçaram, uma caiu, outra quase caiu. No ultimo dia 19/03/2012 eu estava em frente a galeria das Lojas Leandro, batendo papo com o mesmo que reclamava das imperfeições no piso do "novo calçadão" , motivo de várias reclamações por parte de seus clientes, ao nosso lado uma senhora aparentando cerca de 60 anos que vinha andando na parte mais estreita da calçada e caiu,  entre um tapume e outro, batendo com o rosto no chão. 






Além do constrangimento, pois a rua estava lotada e os funcionários da obra começaram a rir do tombo da pobre senhora, o que mais chamou a atenção foi ver que os encarregados da obra estavam na esquina, viram o ocorrido e ficaram parados, assistindo a tudo impassíveis, como se não tivessem nada com o que viam!  


Será que já ouviram falar em técnicos e engenheiros de segurança?


Ajudamos a senhora levantar e para a felicidade de todos ela estava bem, reclamava de dor na perna por conta da batida que deu no tapume de madeira que encontra-se sobre o buraco onde deveria ser a calha de escoamento de águas pluviais. Ela imediatamente nos perguntou dos encarregados pela obra e foi muita brava e mancando reclamar com os mesmos.


Se fosse um caso isolado seria, tolerável, mas não é! 


Varias pessoas já caíram e ao menos uma teve um trauma grave na perna ( abriremos espaço para uma conversa com a pessoa que se lesionou na obra nos próximos dias) e nem assim a empresa responsável por tocar as obras resolveu colocar tapumes de ferro, sinalização eficiente, reparar as ondulações e imperfeições do piso, além dos buracos. Ao que parece o solo foi revirado e não parece ter sido compactado, a exemplo da calçada da Beira Rio que veio abaixo por erros na execução da obra, o mesmo parece que está acontecendo no calçadão. 



Como pode ser visto nas fotos, não é um canteiro de obras são amontoados de armadilhas que colocam em risco a todo momento a integridade física de quem paga a obra, o morador da cidade de Resende. A Prefeitura já sabe do problema, pois a cerca de 20 dias uma pessoa caiu e quebrou a perna, no local e nem assim providências no sentido de melhorar a segurança da obra são tomadas.  

Ao transitar pelo calçadão da cidade, mesmo nas partes onde visualmente as obras aparentam estarem prontas, muito cuidado, pois a calçada esta cheia de desníveis o que pode agarrar o solado do calçado e podendo levar a torções, lesões até quedas.  Será essa a qualidade do monte de obras que a Prefeitura anda inaugurando (reformas) por aí? Olhando por esse lado foi bom mesmo essa administração não ter feito obras grandes e significantes, imaginem com essa qualidade e padrão uma ponte, um viaduto ou algo maior... Resende sempre surpreende, cuidado! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário