quinta-feira, 26 de abril de 2012

Locutor, de rádio manda, prefeito de Resende para PQP.


Locutor de um programa de radio comenta sobre  denuncia de uma Bióloga, que se mostra indignada com o aterramento de lagoas em Resende, para a construção de parques industriais.

 Ao receber a resposta sobre denuncia feita junto a prefeitura de Resende  o locutor mostra-se indignado com o descaso e em um ato de extrema frustração com a indiferença da Prefeitura sobre o caso,  manda o prefeito e a prefeitura para “Puta que pariu” ou PQP.

Já não é de hoje que esse governo é questionado por descasos para com o patrimônio histórico, cultural, ecológico, natural, e todo tipo de riqueza que temos, enfim é um governo gafanhoto, que parece querer consumir tudos os recursos que temos sem olhar para o futuro, isso tudo provavelmente para mostrar trabalho em ano de elição. 

Mas será que o trabalho correto da Prefeitura seria fazer vistas grossas? Ou atuar na fiscalização e principalmente no projeto da obra? Uma vez que a mesma deveria ter passado pelo setor de projetos, aprovação ambiental do IBAMA, INEA e os demais órgãos que vivem achincalhando, multando e dando dor de cabeça para os cidadãos, quando esses cansados de esperar o poder publico inoperante resolvem promover a limpeza de seue quintais, limpar suas ruas e estradas. Mas quando é um conglomerado de multinacionais, que a administração publica tem interesse financeiro direto, aí minimizam o desastre natural para uma verificação. 

Ouça o áudio e tire suas conclusões!

Pois a meu ver qualquer coisa que eu diga diante do caso é pouco para dar adjetivos para a construtora, os órgãos, a prefeitura e principalmente ao Sr. Prefeito que vive falando em entrevistas das  rádios da situação, que a prefeitura acompanha tudo isso de perto.  Como assim?




Um comentário:

  1. Em ano de eleição o prefeito para apurar as denuncias manda um representante da Amar que é supostamente candidato a vereador e o engenheiro é da empresa de terraplanagem, a empresa que supostamente esta praticando o crime, é brincadeira!
    Aí após as denuncias a prefeitura sinaliza dizendo que a lagoa vai sofrer uma revitalização de mata nativa etc.. Mas se vai sofrer uma revitalização em algum ponto ela sofreu um crime ambiental. Não é?

    ResponderExcluir