Escute a Bitradio e ganhe dinheiro.

domingo, 22 de fevereiro de 2015

SPAM – Quem não se irrita com eles?



Todos os dias, as pessoas se irritam por causa dessa praga, pois você recebe um e-mail, acha que é um assunto e é outro.

O incomodo vai de um conjugue que não respeita a decisão do rompimento do relacionamento, até a empresas que acham que sua imagem diante dos consumidores vai ser melhorada ou respeitada ao enviar um caminhão de e-mails para seus pretensos consumidores.

Eu confesso! Ando muito irritado com essa praga, já perdi serviços, contatos com clientes, perdi aviso de reuniões, tive prejuízos, peguei vírus, e olha que sou profissional da área de tecnologia, imagina quem não é??? 


Fico imaginando a briga que não é para infectar o computador de usuários comuns, por empresas desonestas que se usam desses meios e até de algumas plataformas, para tentar se estabelecer em algum seguimento do mercado, virtual ou não, tem máquina que trava por falta de memória, pois é Baidu, PC Faster, Spark Brouser,  Hao123, acho que vou até criar posteriormente um texto só sobre esses programas que se dizem antivírus e que na realidade podem ser tratados como VIRUS, ao menos eu os classifico assim.



Mas falando apenas em SPAMS  e não nos programas que infectam e estragam sua máquina,  as empresas que mais usam esse recurso e proporcionalmente as que mais me irritam são Americanas, cerca de 100 e-mails por dia, UOL WiFi,  Saldão Hiper Mais Barato, Adidas, Car System Kanui, NetShoes, entre algumas centenas de outros.

Eu criei um e-mail só para me cadastrar em sites de compras, pois se eu usar o meu pessoal eu simplesmente não consigo trabalhar, pois antes de eu terminar o cadastro para a compra, já estou recebendo ofertas não só da empresa, mas de parceiros. Nó simples mortais, somos PROIBIDOS de mandar e-mail para mais de 502 destinatários, muito embora muitas vezes isso seja necessário, essa limitação foi criada com a desculpa de diminuir fluxo inútil de rede e para aumentar a velocidade da internet, então como essas empresas conseguem?
Após algum tempo, notei que na caixa de email criada apenas para cadastro em sites, endereço que eu não havia passado para ninguém, recebia mais de 1000 mensagens por dia, de algumas empresas até 100 mensagens. Notei que empresas como por exemplo a Americanas, Loja Adidas e algumas outras que parecem usar serviços da mesma empresa de mailing. Então comecei a tentar controlar esse caos.
Primeiro eu passei a abrir todos e-mails e solicitar que meu endereço fosse retirado da lista de marketing, no dia seguinte, aquele e-mail que me enviava deixou de fato de enviar, mas 5 novos e-mails marketing com o mesmo conteúdo passaram a chegar, algo como uma vingança. 


Então cheguei a conclusão que estamos ferrados, não temos a quem recorrer, em especial quem usa Webmail do seu próprio domínio, que não tem bons recursos de AntiSpam, e em uma análise mais longa, vi que aqueles que eu não fiz contato, deixaram com o tempo de enviar os e-mails, possivelmente por não acharem que seja um e-mail ativo.

Então fica a dica, Não responda a spams, principalmente se for para solicitar que o seu e-mail seja retirado das listas de envios. Responder a um spam confirma que o seu endereço de e-mail é um e-mail válido, que está sendo usado, e portanto um produto valioso para as empresas de marketing usar e comercializar, se isso pode ser chamado de empresas de marketing, a meu ver são empresas que atentam contra a estabilidade do sistema da internet, tornando-a ineficiente, lenta forçando os consumidores a buscarem outras formas de gestão de mensagem que não e-mails.  Se você não responder esses e-mails, e se puder bloquear os remetentes, as pessoas que usam essa ferramenta, os remetentes de lixo eletrônico deixarão de enviar mais spam ou vender seu endereço a outras pessoas.
Sim, de alguma forma a culpa é nossa, ainda que por desconhecimento de como essas empresas desonestas usam e repassam nossos dados pessoais.
Além disso, sempre envie e-mail com cópia oculta, avise e cobre das pessoas que não enviam com cópia oculta que passem a fazer isso, pois além de já ser considerado falta de educação e de profissionalismo, insistindo nessa pratica deselegante, essas pessoas estão fornecendo e-mails para geradores de lixo virtual e contribuindo para que o sistema de e-mails não seja uma forma eficiente e segura de comunicação.

Vou abaixo passar algumas dicas de política de segurança que ajudam a diminuir o volume de lixo que transita pela internet.


1-   E-mail não é uma ferramenta de lazer, é uma ferramenta de trabalho, portanto se você adora replicar aquelas mensagens que prometem dinheiro a pessoas necessitadas, doentes, que querem comprar próteses etc. é sinal de que você é uma pessoa sovina, que prefere disseminar informação falsa do que procurar uma entidade que de fato ajude essas pessoas.

2-   Não responda a e-mails que solicitem informações pessoais. A maioria das empresas legítimas não solicitam informações pessoais por e-mail. Se uma empresa em que você confia (por exemplo, a sua administradora de cartão de crédito) escrever para solicitar informações pessoais, entre em contato por telefone - não escreva - e denuncie o fato. Utilize sempre um número que você mesmo obteve, seja nas páginas amarelas, em um extrato bancário, em uma conta ou em outra fonte. (Não use números fornecidos no email.) Se a solicitação for legítima, o(a) atendente poderá prestar auxílio.

Dica: cuidado com mensagens falsificadas. A falsificação consiste em forjar um e-mail legítimo, como o boletim informativo de uma empresa. Essas mensagens falsificadas podem ser usadas para induzir você a baixar um vírus ou enviar informações pessoais, tais como o número do seu cartão de crédito. Em caso de dúvida, entre em contato com a empresa a qual você acha que enviou o email.

3-   Não compre nada anunciado em um e-mail de spam. Alguns remetentes de spam ganham a vida com a compra das suas ofertas pelos consumidores. As vezes os e-mails são legítimos, e ao acessar a loja por meio daquele SPAM a loja registra o código do operador de e-mail e passa a ele um determinado valor. Portanto, por mais que a oferta seja atrativa, feche o e-mail, exclua-o e vá ao site da loja para efetuar algo que te chamou a atenção, não esqueça que sempre que tiver a oportunidade de ter contato com a empresa, deixe claro o seu descontentamento com a política de envio de e-mails em massa. E lembre-se à tentação de comprar os produtos anunciados nos e-mails, te colocam em risco de ser incluído em mais listas de endereços de lixo eletrônico.

4-   Nunca, em hipótese alguma contribua com instituições de caridade indicadas em spams. Infelizmente, alguns remetentes de spam se aproveitam da sua boa-vontade. Se você receber um pedido de donativos para uma instituição de caridade, trate esse pedido como spam. Se você quiser contribuir com a instituição mencionada na mensagem, telefone para ela e informe-se sobre como efetuar a contribuição. Entretanto, nunca envie as suas informações por e-mail.

5-   Pense duas vezes antes de abrir anexos, mesmo que você conheça o remetente. Se você não puder confirmar com o remetente se uma mensagem é válida e o anexo é seguro, exclua imediatamente a mensagem e acione o seu software antivírus atualizado para verificar a presença de vírus na sua máquina.

6-   Não encaminhe mensagens de "correntes". Os e-mails de "correntes" podem ser boatos, ou até mesmo um sistema de distribuição de vírus. Com isso, você perderá o controle de quem terá acesso ao seu endereço de e-mail. Além disso, há informações de que os remetentes de spam utilizam "correntes" para coletar endereços de e-mail. Para verificar a legitimidade de uma "corrente" ou de um boato potencial, consulte o site Hoaxbusters.


Essas não são todas as medidas, mas se você seguir essas que foram listadas aqui, você já ajuda diminuir mais de 50% do lixo virtual que você recebe, e passa a mensagem para as empresas que ela tem que achar uma forma diferente, menos invasiva de promover seus produtos, e de divulgarem suas ofertas. Vale muito a intenção de cobrar das entidades de gestão da internet que sejam mais rígidas com servidores e empresas que se utilizam da pratica de enviar SPAM 

Nenhum comentário:

Postar um comentário