segunda-feira, 20 de abril de 2015

Holodomor, a forma real usada pelo socialismo para promover o coletivismo.

APOSTO QUE SEU PROFESSOR DE HISTÓRIA DESONESTO, NUNCA DISSE ISSO!


              O Holodomor foi um genocídio que levou a morte de 4  a 5 milhões de pessoas só na Ucrânia.

O holodomor também ocorreu em outras repúblicas soviéticas, como o Cazaquistão, mas as maiores vítimas foram os ucranianos. 82% da população da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas vivia da agricultura e foi obrigada, por meio de repressão violentíssima, a entregar as suas plantações que estavam no campo para serem colhidas e parte já estava colhida e com a silagem feita, sem receber nada em por isso, tiveram ainda que entregarem as suas propriedades ao Estado comunista e a integrar as explorações agrícolas coletivas e estatais, no que foi chamado pelos comunistas, de “coletivização do campo”.


O MST PREGA A COLETIVIZAÇÃO DO CAMPO, DIZ O STÉDILE!

Até o final da década de 1920, Stalin tinha lançado uma nova "revolução a partir de cima."  A introdução de seu primeiro plano de cinco anos , em 1928, marcou o fim da NEP e o início da vertiginosa industrialização. 

Na Ucrânia isso levou a transformação econômica e social rápida. Pela eclosão da II Guerra Mundial, a produção industrial aumentou quatro vezes, o número de trabalhadores tinha triplicado, e a população urbana havia crescido 34%  por cento do total. 
O resultado da política de Stalin foi a Grande Fome (Holodomor) de 1932-33 a pior e maior catástrofe demográfica feita de forma intencional e deliberada  pelo homem, ato sem precedentes em tempos de paz.
A fome e as mortes na Ucrânia, não foram apenas uma seca como defendem alguns professores desonestos, e nem uma guerra, como defendem alguns outros, ainda mais desonestos,  foi um assassinato premeditado e com requintes de crueldade,  em massa... Era um ataque direto aos camponeses  ucranianos, que teimosamente continuaram a resistir contra a ideia de coletivização do COMUNISMO.  A mesma ideia defendida pelo PT.
E tem brasileiro que ainda defende essa merda! Ou defende o PSOL achando que isso não é o mesmo que defender o PT.



A primeira vista o comunismo parecia bom, mas custou 5 milhões de vidas! E nenhum militante do PT do PSOL, e toda essa corja socialista que povoa a politica brasileira, incluindo o PSDB, gosta de falar disso, pois o que eles defendem é exatamente isso. As ações de Dilma são iguais as Ações de Mussolini e as de Lula iguais as de Stalin, ou seja, o PT junta tudo o que não presta no mundo e aplica no povo brasileiro e no Brasil afim de destruí-los!

E o pior disso tudo, é que o Brasil hoje está próximo de ter um ministro do STF que se declarou COMUNISTA, como é possível o nosso povo permitir tamanha aberração?

Um homem que defende esse tipo de assassinato como ideologia politica, que defende e acha justificável esse genocídio, fazer parte do maior tribunal de leis do Brasil?
Que tipo de comportamento devemos esperar desse homem?
Que moral vai ter esse tribunal?
As entidades e os valores do Brasil foram jogados no lixo, as pessoas perderam a capacidade de se indignarem. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário