Escute a Bitradio e ganhe dinheiro.

quarta-feira, 23 de março de 2016

Movimento “10 minutos fechados pelo Brasil” Lojas da região vão parar as atividades nesta quinta-feira para protestar contra corrupção


Estabelecimentos comerciais da região Sul Fluminense vão paralisar as atividades simultaneamente durante 10 minutos, em protesto contra a corrupção.

O movimento “10 minutos fechados pelo Brasil” tem apoio das entidades empresariais da região como a CDL, Sicomércio, Aciap, Sinduscon e MetalSul, que estão mobilizando o setor produtivo para aderirem à manifestação que será realizada na próxima quinta-feira, dia 24, às 9 horas.

O objetivo é chamar a atenção da população para a crise econômica e política do Brasil, que tem afetado todas as classes de trabalhadores com alto índice de demissões no comércio e na indústria, maiores geradores de emprego do país.


Na sexta-feira, dia 18 de março, a CDL Volta Redonda sediou a primeira reunião da Comissão Pro Brasil, onde foram discutidas ações para mobilizar e conscientizar a população contra a corrupção. Pesquisas realizadas pelos principais institutos demonstram que as previsões para o futuro da economia do país não são negativas.

O presidente da CDL de Barra Mansa, Alício Camargo, explica que esse é um movimento anticorrupção, espontâneo e apartidário.

“Estamos unindo forças e representações em protesto contra a crise econômica, política e moral que estamos passando. São muitos os registros de estabelecimentos comerciais que fecharam suas portas. Precisamos mostrar a importância do comércio que gera tanto emprego e renda. Precisamos lutar contra mais desempregos e falências", declarou. 


No Estado do Rio de Janeiro o protesto engloba o repudio dos comerciantes, lojistas e empresários contra a LEI Nº 7176 DE 28 DE DEZEMBRO 2015.Essa Lei estabelece a cobrança de uma taxa trimestral, além de todas as demais que já pagamos que pode variar de 2 mil reais a 30 mil reais. Isso significa mais impostos e menos empregos, preços de mercadorias mais caras, inviabilidade do pequeno comerciante e lojista de prestar um bom serviço.


Nenhum comentário:

Postar um comentário