sexta-feira, 11 de março de 2016

Urnas Eletrônicas, não Passam no Teste do TSE


TSE,  realizou  um teste público de segurança do sistema eletrônico de votação e o resultado é: Não conforme!.

O “novo” sistema foi colocado à disposição para que especialistas em informática tentassem quebrar as barreiras de segurança da urna eletrônica.

Foram detectadas, duas vulnerabilidades.
Um dos problemas foi encontrado em urnas com áudio, destinadas a deficientes visuais. Especialistas apontaram a possibilidade de outra pessoa ouvir o som da urna, com a ajuda de um equipamento, deixando uma brecha para identificar o voto do deficiente.

Outra falha foi a possibilidade de, depois de fechada a urna, haver troca no número de votos atribuídos a determinado candidato.

E ainda tem gente que acha o sistema confiável.

Porque insistir na votação eletrônica? O que está por trás dessa insistência ?


Acredito que uma votação eletrônica, confirmada por uma votação impressa que obrigatoriamente tenha que ser conferia seria o melhor dos mundos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário