sábado, 26 de novembro de 2016

Trump seria um socialista disfarçado de conservador?

O maior acionista do New York Times (grupo jornalístico que abdicou de apresentar notícias e passou a fazer campanha para Hillary) e oitavo homem mais rico do mundo ( mega capitalista), o mexicano Carlos Slin tem grande parte de sua fortuna vinda da sua empresa de telecomunicações.

Os países membros do NAFTA tem acordos de isenções tributárias com alguns países da América Latina e obviamente Slin é beneficiado, pois um dos acordos envolvem as telecomunicações. ( interessa a ele e sua fortuna manter os acordos, uma vez que Trump detectou que esses acordos são ruins para os EUA e iria acabar com eles, que só beneficiaria os capitalistas e não a sociedade).

O New York Times apoiou a Hillary Clinton, fez campanha para sua vitória, chegou a anunciar sua vitória um dia antes das votações ao invés de fazer jornalismo ( tudo isso apenas para atender os interesses de investidores que se aproveitam dos impostos pagos pelos americanos). A tragédia é que os jornais brasileiros pegam informações vindas do NWT e parecem não terem a preocupação de confirmar se as notícias são verdadeiras ou não.

O Trump disse que quer mudar alguns acordos como o NAFTA, porque eles seriam prejudiciais aos americanos e beneficiariam apenas a um grupo de empresários.

Ou seja, o maior acionista do NYT poderá perder mais dinheiro (ele já perdeu 4,7 bilhões) e privilégios e dependendo de onde Trump tocar, ele perderá muito, mas muito mais..

Você com certeza não sabe disso, e agora eu te pergunto: reparou como na verdade muita gente pode perder dinheiro e privilégios com o Trump? E quem vai perder dinheiro são justamente aquelas pessoas que financiam a revolução pelo mundo. Você nunca se perguntou o motivo dessas pessoas ( capitalistas) financiarem o socialismo?

E você ainda vai ficar acreditando fielmente em tudo o que te falam no Brasil de política internacional?

Saia da sua caixinha e ouça sempre todos os outros lados além daquele que alguém te doutrinou a aceitar como certo, construa suas convicções sobre analise autônoma de fatos e não sobre o interesse de quem manipula as informações para tirar algum proveito, seja ele ideológico ou econômico.



E você aí achando que o Trump era o anticristo. Acreditando que ele de fato explora os pobres, como seria isso? Já que ele quer retirar as fabricas americanas que exploram a pobreza de países subdesenvolvidos e devolver as linhas de produção aos EUA, devolvendo o trabalho para os americanos, não foi isso que a esquerda sempre quis? Sempre revindicou? O fim da exploração americana aos Chineses, aos Indianos e outros povos explorados?

 Lembre-se, informação é poder, pela informação você mantem um povo bem informado ou aliena esse povo e o escraviza. E você que acreditava que Hillary era o melhor para o mundo, adivinha de que tipo de povo você faz parte?

Nenhum comentário:

Postar um comentário