terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

O melhor negócio do mundo é o Estado, é o Governo!



Ele não produz nada;

Ele não gera riqueza;

Ele não resolve problemas;

Ele entrega serviços gratuitos, pelo maior preço do mercado. 

Ele é sócio com no mínimo 33% de todo empreendedor do mercado em todo território nacional. 

Ele te chama de contribuinte, mas toma seu dinheiro na marra em forma de impostos, cria um banco  ( BNDES) e te empresa de volta o seu dinheiro, isso quando empresta, e este mesmo banco subsidia empréstimos com juros abaixo do valor de mercado para os seguimentos que participam de esquemas de corrupção juntamente com os agentes do Estado ( políticos, concursados, nomeados, policiais, juízes, ministros, médicos, administradores, jornalistas, veículos de imprensa, empreiteiras, gráficas etc) e quando aparece uma crise, crise essa criada pela intervenção do estado na economia e no mercado, eles, agentes do estado te enganam,  dizendo que a solução para a crise é mais intervenção do estado, que por sua vez demandará mais cobrança de impostos para refinanciar suas contas e as contas dos amigos do poder.

A única forma de resolver essa equação de uma vez por todas,  é atacar o único agente que cria e causa o problema, o Estado. Diminuindo e reduzindo-o ao máximo possível o tamanho do estado, tamanho esse que ele nunca deveria ter deixado de ter...  acabamos com os problemas gerado por ele, estado, que são todos, absolutamente todas as crises da história decorreram por ação direta do Estado.

O estado deve ser responsável apenas pela segurança de todos e garantir a LIBERDADE, e nada mais.


Todo o resto, deve ser dever do indivíduo e papel do mercado em prover, por meio de livre negociação entre as partes, cabendo ao estado estabelecer as regras mínimas para evitar a tirania e as ações indesejadas no mercado. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário